Feliz Natal e um próspero Ano Novo

O Centro da Juventude para a Paz deseja a todos os parceiros e colaboradores um Feliz Natal e um ano novo cheio de paz e alegria.





Campanha Missionária Brasil-Leer, Africa

A Campanha Missionária Brasil-Leer, Africa está crescendo em todo o nordeste, sobretudo, onde há comunidades combonianas, graças ao empenho de muitos amigos e dos próprios combonianos. Essa atividade, mais do que um sorteio para arrecadar fundos e ajudar no desenvolvimento sociocultural dos jovens africanos de Leer, Sul do Sudão, através do projeto "Jovens pela reconciliação e a Paz". É primeiramente um momento de animação missionária e vocacional.

Os prêmios são bons e o bilhete está a um preço acessível R$ 2,00. 
Mãos à obra! Vendam os bilhetes entre amigos, escolas, igrejas, etc. 

Informação aos vendedores: 
- O Sorteio ocorrerá no dia 19 de março de 2011 pela Loteria Federal
- Caso necessitem de mais bilhetes podem pedir mais pelos contatos: (99) 3212-8870 ou (86) 8872-8870 - E-mail: cejupaz@gmail.com 
- Quando concluírem as vendas, favor depositar o dinheiro na seguinte conta:
COMBONIANOS NORDESTE
BRADESCO - AG 0854 - C/C 013566-6 – TIMON - MA
- Preencher corretamente os canhotos e enviá-los em tempo oportuno por correio normal para o Cejupaz. Rua Newton Bezerra Moura (R. 16), 380. Parque Alvorada CEP: 65631-070. Timon-MA


Boas vendas dos bilhetes e boa sorte no dia do sorteio.

Reflexão sobre o Dia Internacional dos Direitos Humanos

Pelas oportunidades se abrem os caminhos
“Todas as pessoas nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotadas de razão  e consciência e devem agir em relação umas às outras com espírito de fraternidado" (Artigo I Declaração Universal Dos Direitos Humanos).
Diariamente somos convidamos, não só a recordar os defensores dos Direitos Humanos como Gandhi, Nelson Mandela, Martin Luther King e tantos outros que lutam e lutaram sem serem reconhecidos como tal. Como também, de modo especial, fazer com que nossa prática diária se torne uma bandeira e uma faca afiada na defesa incondicional dos Direitos Sociais. Defesa esta pautada na justiça social e na prática da não violência ativa.

O melhor caminho é o que acolhe a todos
Século XXI, mês do Dia Internacional dos Direitos Humanos, 10 de dezembro. É Triste a realidade marcada pela insuficiência de Justiça, sobretudo, para com aqueles que sofrem as inúmeras diferenças sociais de uma sociedade velada de preconceitos, a qual provoca uma gama de conseqüências sem priorizar, nem valorizar a vida humana. Manifestação cada vez mais evidente que não e possível eludir. Assenti-se que homens se abriguem em barracos, padecendo doenças, nudez, fome e desemprego.
Achar que as desigualdades não incomodam faz com que as inumeras  instituições que se dizem verdadeiramente democráticas desenhem um futuro cada vez mais trágico para a humanidade. Pois buscam reparar os problemas apenas em caráter paleativo, deixando escapar as verdadeiras atitudes de resolução, que se revelam, na maioria das vezes, pequenas e próximas.
sempre há  a busca de dignidade

A perspectiva de um mundo melhor é algo que ilude, mais é preciso que se lute pelos direitos básicos de todo ser humano não tão somente os que garantam o material necessário a subsistência, mais também os de ordem espiritual. Este traz ao homem a capacidade de sonhar e nutre-o da energia vital para voltar a viver. Faz, por fim, se necessário lutar para que os direitos sejam respeitados e ao mesmo tempo ter consciência dos deveres se permintindo carregar o fardo, ou seja, cumpri-los.

Lei Orgânica Municipal e a Educação de Timon

Timon, assim como muitas nações e municípios se sobressae quando o assunto é a elaboração e a manuntenção de leis belas e rica em informações respaldadas no respeito à dignidade humana. Agora no  tocante a praticidade/cumprimento vejamos abaixo a situação, neste especifico caso sobre a "Educação".

Partes da  LEI ORGÂNICA MUNICIPAL (Revista e Atualizada até 19/09/2007) Timon - Maranhão
CAPÍTULO X
Da Educação
Art. 205 – O dever do Município com a educação será efetiva mediante a garantia de:
I – ensino fundamental, obrigatório e gratuito, inclusive para aqueles que não tiverem acesso na idade própria;
              - Em Timon, segundo o IBGE dos 150.635 habitantes, 85.562 (57%) não freqüentam a escola e dos que frequentam, 63.718 (42%) estão matriculados em escolas públicas e apenas 1.147 (1%) em escolas particulares.
    - Os indicadores educacionais apontam que em Timon 72.207 (48%) possuem quatro ou mais anos de defasagem escolar. Isso sob a lógica da produtividade do trabalho e dos ganhos de rendimento em função dos anos de estudo é um verdadeiro absurdo, pois quem possui anos de atraso em relação aos estudos demora conseguir emprego e quando consegue é precário. 
 CÂMARA MUNICIPAL DE TIMON 115
VII – atendimento ao educando, no ensino fundamental, através de programas suplementares de material didático-escolar, alimentação e assistência à saúde.
§ 1º - O acesso ao ensino obrigatório e gratuito é direito público subjetivo, acionável, mediante mandato de injunção.
§ 2º - O não oferecimento do ensino obrigatório pelo Município, ou sua oferta irregular, importa responsabilidade da autoridade competente;
         - Atualmente são muitos os fatos que caractarizam uma oferta precária na educação timonense, e o que é pior até então, ao invéns de uma proposta de solução cabível está acontecendo ações anti democráticas como a ameaças a alguns professores para aceitarem a desonesta situação.  
         - Por outro lado, já foi também apontato que 1500 professores serão demitidos para enxugar a folha de funcionários. vai resolver o problema?   
Art. 206 – O sistema de ensino municipal assegurará aos alunos necessitados condições de eficiência escolar.
              - O segundo semestre letivo de 2010 foi marcado pelo chamado "Passo Tartaruga", por exemplo, no turno manhã os professores trabalham até 09:30h, ou seja, os alunos tem aulas apenas em  metade do tempo estabelecido, prejudicando assim o rendimento escolar.
Art. 207 – O ensino oficial do Município será gratuito em todos os graus e atuará prioritariamente no ensino fundamental e pré-escolar, sendo proibida a cobrança de qualquer taxa.
                 - É comum ainda hoje  professores cobrarem de seus alunos R$ 0,25, R$ 0,50 ou mesmo R$ 1.00 para pagar as provas (xerox) com pena, em alguns casos, de não fazer a avaliação, e etc. algo que contradiz a própria lei.
CÂMARA MUNICIPAL DE TIMON 117
Art. 211 – O Município manterá o professorado municipal em nível econômico, social e moral à altura de suas funções.
                  - O salário dos funcionários da educação estão absurdamente atrasados: professores  efetivos 2 meses, professores contratados 3 meses, administrativos 3 meses. A justificativa dada pela Secretaria de Educação foi o fato de o Governo Federal ter feito um corte no repasse.
Art. 213 – O Município aplicará, anualmente, vinte e cinco por cento, no mínimo, da receita resultante de impostos, compreendida as provenientes transferências, na manutenção e desenvolvimento do ensino.
Art. 216 – A educação, direito de todos e dever do Município, promovida e incentivada com a colaboração da família, visa o desenvolvimento integral da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho, com base nos princípios e garantias da Constituição Federal.
             - dados oficiais apontam que em Timon 28.510 (18,92%) pessoas são analfabetas, 9.847 (65,37%) têm ensino fundamental completo ou não, 20.675 (13,73%) com ensino médio completo ou não, 279 (0,19%) curso superior completo ou não e apenas 21 (0,01%) possuem pós-graduação completa ou não.  
CÂMARA MUNICIPAL DE TIMON 118
Art. 220 – O número de alunos por turma nunca será superior a trinta, no ensino de 1º grau, 1ª etapa, e trinta e cinco no ensino de 1º grau, 2ª etapa.
             - Em timon não é raro encontrar escolas com números muito superiores a trinta e cinco. Há sala de aulas com 42 alunos em mais de uma escola. 
Por fim, fica claro a falta de competência da adminitração pública municipal, ficando, portanto, a Lei Orgânica Municipal a margem daquilo que realmente deveria representar na realidade. Servindo apenas para justificar e ou maquiar o que é dever da autoridade competente. sabemos que não houve redução nos repasses das verbas federais ao Município de Timon se compararmos os respectivos meses de 2010 e 2009. Portanto, se torna falsa a justificativa dada pela assessoria de comunicação da Secretaria de Educação.
E mesmo que que houvesse uma redução de pouco mais de 6 milhões desde o início deste ano como afirmou representatnes desta secretaria em uma reunião que ocorreu no Projeto Educativo Mãos Dadas em meados de outrubro deste ano, isto não inviabializaria o pagamento dos salários de funcionários, já que este valor não representa 10% de um total de 48 milhões de Reais.

Por: Pedro Marques

Comissão Justiça e Paz promove DEZEMBRO DE PAZ

Seminário com Frei Beto
A Comissão Arquidiocesana de Justiça e Paz de São Luís realizará nos dias 3 e 4 de dezembro deste ano o DEZEMBRO DE PAZ como encerramento do programa "Quartas de Paz: economia e vida" do ano de 2010.
O evento conta com exposição de economia solidária por meio de oficinas, palestras, cinema, música e teatro ajudando os participantes a entenderem melhor como colaborar com uma economia alternativa que promova a justiça e a paz.
local: Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, Praia Grande -Projeto Reviver- São Luís-
Horário: a exposição  estará aberta das 16hs00 ás 22hs00 na galeria do Centro.
Não perca  a entrada é franca.  
Marcha contra a Violência e a favor da Paz








Programação:      
   Sexta-feira 3 de dezembro
          14h00 - Oficina de Biojóias – Maria dos Remédios Teixeira de Almeida- 1º andar
          16h00 - Apresentação do “Dezembro de Paz” – “Comissão Justiça e Paz” e SEBRAE
          18h00 - Palestra “Como ser um Pequeno Empreendedor”  - SEBRAE-MA- 1º andar
          19h:30 - Peça teatral  “Que trem é esse?”  Teatro Alcione Nazareth
          Companhia JUPAZ de Açailandia       Direção: Xico Cruz.
          Peça teatral irônica e amarga, denúncia dos muitos conflitos trazidos pelo trem da Vale.
           Jovens do corredor de Carajás apresentarão seu olhar crítico e artístico a respeito da violência desse modelo de desenvolvimento.       
           Logo em seguida: Homenagem  aos palestrantes do projeto “Quartas de Paz 2010”.
           Sábado 4 de dezembro
           14h00 - Oficina de material reciclado: “Flores e borboletas” – Grupo “Jovens pela Paz” - JUPAZ de São Luís -1º andar 
           16h00 - Filme: “Diamante de Sangue” –  1° andar
            A exploração ilegal de diamantes provoca conflitos graves na África.Filme com Leonardo di Caprio
           18h00- Debate Cine-fórum “Economia e Vida”-  com Pe.Vítor Manoel.
            Missionário Comboniano com experiência africana.
           19h:30 - Show ao vivo com Lena Machado e Os Pregoeiros.
Apoio:
 SEBRAE-MA

A “COMISSÃO ARQUIDIOCESANA DE JUSTIÇA E PAZ” continua com o projeto Quarta de Paz em 2011 com o tema:VIDA NO PLANETA E A CIDADE DE SÃO LUÍS”.
No primeiro semestre aprofundaremos o tema da “Campanha da Fraternidade”. No segundo semestre, preparando o 4º centenário da cidade de São Luís,  o tema será “Violência e revitalização do centro histórico”. Na terceira quarta-feira de cada mês no Centro de Criatividade Odylo Costa Filho.


contatos:  
justicaepazslz@hotmail.com


Por: Pedro Marques 

BARREIRÃO: terá fim desta vez?

 Aconteceu hoje, 26 de outubro de 2010, na sede da 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Timon mais uma audiência que tratou do caso BARREIRÃO: grande cratera que está servido como depósito de lixo, água parada prejudicando assim a população circunvizinha. o Barreirão está localizado na rua 21 na divisa dos bairros Parque Alvorada e Sete Estrelas. 

Nesta audiência foi assinado perante o promotor de justiça Dr. Antônio Borges Nunes Júnior um termo de compromisso de ajustamento de conduta entre o cidadão Pedro Marques, representate dos moradores. dos bairros Parque Alvorda e Sete Estrelas e o representante da empresa: Global Construtora e Serviços Ltda, Francisco Rodrigues Soares o qual alegou ter dificuldade em cumprir o prazo estipulado pela Prefeitura Municipal de Timon/Secretaria Municipal de Infra Estrutura  devido o maquinário necessário para execução da obra está alugado no Piauí no mesmo periodo. 

O contrato de execução da obra foi assinado no dia 21 de junho de 2010 sendo o alvará expedido após 7 dias. O prazo de execução da obra é de 180 dias restando, portanto, 60 dias para tal. O termo oferece à empresa Global Construtora e Serviços Ltda um prazo de 5 dias úteis para início das obras e limite de prazo de conclusão até 28 de dezembro do ano em curso. 


 Breve Hstórico do processo do Barreirão 

 A paróquia Menino Jesus de Praga realizou o censo sócio-econômico e pastoral sendo apresentado o resultado para a comunidade no dia 26 de janeiro de 2007. O censo foi realizado na área do Parque Alvorada durante 2005/06. foi revelado que o principal problema do bairro é a violência (responderam 38% dos moradores), a falta de saneamento básico (20%) e o desemprego (19%). 22% dos moradores disseram jogar o lixo em algum terreno baldio


A partir deste resultado o Centro da Juventude para a Paz realizou no dia 1º de junho de 2007  a III Gincana Intercolegial por uma Cultura de Paz com o tema da “Educação Ambiental” e lema “Cuidar do Meio Ambiente é Cuidar da Nossa Gente”. Uma das provas da gincana era elaborar uma denúncia ambiental e encaminhá-la aos órgãos competentes (às Secretarias do Meio Ambiente e de Infra-estrutura e ao Ministério Público) para que tomassem as devidas providências. 

Daí surgiu a luta especificamente pela resolução do problema do Barreirão a qual vem se estendendo desde 2007 periodo no qual vem sendo pauco de várias audiências via Ministério Público Municipal e demonstração pública de insastifação por parte da população.  

A população não aquenta mais esperar e a situação começa a piorar com o periodo chuvoso que se inicia. Portanto a população pede em tom de desespero que a obra seja prioridade neste final de ano.  

O movimento é apoiado por várias as entidades, e  coordenado pelo Centro da Juventude para a Paz - CEJUPAZ


V SEMANA DA PAZ - 2010

V SEMANA DA PAZ 

O Centro da Juventude para a Paz está realizando de 19 a 26 de setembro do ano em curso a V Semana da Paz. A Semana da Paz este ano traz como Tema: Juventude em ação, a paz em nossas mãos e Lema: Pela Paz a gente canta a gente berra, e abrengerá um média de 2500 alunos de 5 escolas do Paque Alvorada, além de envolver várias comunidades das paróquias de Timon/MA.

 
OS objetivos da Semana da Paz de 2010 são:

Geral: - Conscientizar escolas e comunidades para a importância da cultura de paz, celebrando o dia Internacional da Paz, a conclusão da Década da paz e o ano internacional da juventude, priorizando as atitudes de justiça, solidariedade e respeito para com o próximo.

Específicos:
- Realizar com a comunidade a celebração da paz:
- incentivar os jovens a se inserirem em algum grupo juvenil despertando-os para as causas sociais;
- Trabalhar o Manual do Jupaz nas escolas;
- Divulgar e articular as temáticas do ano internacional da Juventude;
- Incentivar a criação de Círculos de Paz;

PROGRAMAÇÃO

• Dia 19/09 domingo – Abertura Oficial da Semana da Paz
Local: Comunidade Menino Jesus (Igreja Matriz), rua Jerônimo Silva - Parque Alvorada
Horário: 19:00h

• Dia: 21/09 terça-feira – Celebração do dia Internacional da Paz;
Local: Capela da Comunidade Santa Teresinha – rua 24 bairro Sete Estrelas
Horário: 17:00h

• Dia 22:/09 quarta-feira – oficina na escola José Ribamar da silva
Tema: Ouvir para Compreender

• Dia 23/09 quinta-feira – oficina na escola Pedro Falcão Lopes;
Tema: Respeitar a vida: rejeitando a violência e preservando o planeta

• Dia 26/09 domingo – caminhada e Festiva da Paz
Local: saída praça do Campo do Gilmar na rua 21 do Parque Alvorada às 08:00h
Chegada: Cejupaz  - R. 16, 380 – Parque Alvorada, Timon

Contatos:
Tel: (86) 3212-8870, (86) 8871-3103
E-mail: cejupaz@gmail.com / www.ecooos.org

FÓRUM PERMANENTE DE DEFESA DOS DIREITOS DA JUVENTUDE TIMONONESE


O Fórum Permanente de Defesa dos Direitos da Juventude Timonense que tem como objetivo: favorecer um espaço suprapartidário, interreligioso, aberto e democrático para reflexão e debate sobre temas relacionados às juventudes e ser, ao mesmo tempo, um espaço para elaborar e propor políticas públicas para este segmento da sociedade timonense.



Realizará uma Mesa Redonda  a qual abordará as seguintes temáticas:

1 – Drogadição;

2 – Pec da Juventude;

3 – Praticipação Política;

Data: 12 de setembro DE 2010

Horário: de 08:00h às 11:00h


Local: Centro de Treinamento Profº Waal Ferraz, localizado na Rua Maria Carlos da Silva, - Parque Piauí, Timon/MA ao lado da SEMED.

 
SOBRE O FÓRUM



O FÓRUM PERMANENTE DE DEFESA DOS DIREITOS DA JUVENTUDE TIMONONESE
 – Fórum PDJT.

É uma articulação municipal de entidades não governamentais de luta pelos direitos das juventudes, acima de distinções religiosas, raciais, ideológicas ou partidárias, aberta à cooperação com entidades governamentais ou não, tanto nos níveis local como no macro, nacionais e internacionais, para a consecução de seus objetivos.

2. Princípios Fundamentais

O Fórum de Entidades não governamentais em Defesa dos Direitos das juventudes de Timon norteará suas atividades pelos seguintes princípios fundamentais:

2.1 - Compromisso com os dispositivos da constituição referente ao seguimento juvenil;

2.2 - Compromisso com a Declaração Universal dos Direitos Humanos e demais instrumentos da normativa internacional relacionados com este segmento;

2.3 - Trabalho solidário, como instrumento de potencialização das capacidades e de superação das limitações de cada membro do Fórum;

2.4 - Respeito à identidade, à autonomia e à dinâmica própria de cada entidade-membro.

3. Objetivos

3.1 - Geral: favorecer um espaço suprapartidário, interreligioso, aberto e democrático para reflexão e debate sobre temas relacionados às juventudes e ser, ao mesmo tempo, um espaço para elaborar e propor políticas públicas para este segmento da sociedade timonense.

3.2 – Específicos:

a – valorizar a vida, através de condições que favoreçam o pleno desenvolvimento pessoal e social de todos os jovens, independente de sua origem ou condição sócio-econômica.
b - promoção e a defesa dos direitos das juventudes de Timon;
c - contribuir para o comprimento cabal pela família pela sociedade e pelo Estado do dever constitucional de assegurar com absoluta prioridade os direitos do jovem consagrados na Carta Magno de 1988;
d - denunciar as omissões e transgressões que resultam na violação dos direitos constitucionais das juventudes;
e - contribuir para o resgate da integridade física, psicológica e moral das vítimas de negligência, abuso, exploração, maus tratos, tráfico e extermínio de pessoas;
f – agir em conjunto nas medidas preventivas de combate ao uso e comércio de drogas.

4. Estratégia

4.1 - A estratégia de atuação do Fórum Permanente de Defesa dos Direitos das Juventudes Timonense, estará baseada em dois pontos:

a - apoiar e repercutir as ações das entidades-membros;
b - promover ações articuladas em favor dos direitos dos jovens.

5. - Áreas estratégicas de atuação
a - as alterações e reforma no cenário legal relativo a juventude;
b - o reordenamento institucional dos organismos públicos com atuação nesse campo;
c - a melhoria da atenção direta à juventude, em todas as suas formas.

Prorrogado Prazo pra inscrição do Fesival de Música

Festival de Música 2010


Juventudes na luta contra o Extermínio a favor da vida!

O prazo limite para a  inscrição do Festival de Música foi adiado para o dia 17 de setembro de 2010. Não perca esta oportunidade, faça já a do seu grupo!

Incrições no Cejupaz e no Centro da Juventude Santa Cabrini

O Centro da Juventude Santa Cabrini, em parceria com o CEJUPAZ, as Irmãs do Imaculado Coração de Maria e com a Rede um Grito pela Vida, através do II Seminário Juventude com Arte construíndo a Paz quer somar forças na construção de uma cultura de paz, em defesa da vida das juventudes, denunciando através da arte e da música, as estruturas sociais, políticas, religiosas e ideológicas que geram violência e morte. Realizando o II Seminário com arte construíndo a Paz.


Uma das atividades do seminário e o Festival de Música que tem como objetivo geral:
Contribuir na formação das juventudes através da criação de letras músicas (festival) para o fortalecimento da cultura de paz e a erradicação da violência nos meios populares.

O evento ocorrerá no dia 10/10/10 no Centro de Juventude Santa Cabrini, Vila Ir. Dulce, Teresina às 08:00h.
baixe o material: cartilha, folder, regulamento no link abaixo

http://www.cjsantacabrini.com/

Festival de Música 2010

Juventudes na luta contra o Extermínio a favor da vida!

O Centro da Juventude Santa Cabrini, em parceria com o CEJUPAZ, as Irmãs do Imaculado Coração de Maria e com a Rede um Grito pela Vida, através do II Seminário Juventude com Arte construíndo a Paz  quer somar forças na construção de uma cultura de paz, em defesa da vida das juventudes, denunciando através da arte e da música, as estruturas sociais, políticas, religiosas e ideológicas que geram violência e morte. Realizando o II Seminário com arte construíndo a Paz.  

O evento tem como finalidade proporcionar o pleno exercício da cidadania ativa, assumindo a condição de protagonistas para a construção de um mundo de paz. para melhor envolver a juventude, e será realizado em três etapas:

25/07/10 – Lançamento do II Seminário de Juventudes no CEJUPAZ em Timon (MA);
10/10/10 - II Seminário de Juventudes, com concurso musical. Centro de Juventude Santa Cabrini, Vila Ir. Dulce, Teresina às 8h.
11/12/10 - Caminhada Juventudes Contra o Extermínio. Teresina. 9h

A próxima atividade a ser realizar é o Festival de Música, o mesmo abordará três temáticas
- Drogadição;
- Maioridade Penal;
- Tráfico de Seres Humanos.
Quer ser um instrumento facilitador de estudo e reflexão para os grupos de jovens.

Objetivo do festival de música

Contribuir na formação das juventudes através da criação de letras músicas (festival) para o fortalecimento da cultura de paz e a erradicação da violência nos meios populares.

baixe o material: cartilha, folder, regulamento no link abaixo
http://www.cjsantacabrini.com/

Dia Internacional da Juventude 2010

Dia Internacional da Juventude 2010: Mensagem do Secretário Geral da ONU


Nesse dia 12 de agosto, ao mesmo tempo em que comemoramos o Dia Internacional da Juventude, damos início ao Ano Internacional da Juventude, cujo tema é “Diálogo e entendimento mútuo”.

As difíceis condições sociais e econômicas que estamos vivendo justificam que prestemos atenção especial à juventude. 87 por cento das pessoas de entre 15 e 24 anos mora em países em desenvolvimento. A crise econômica mundial teve efeitos desproporcionados nos jovens. Estes perderam empregos, lutaram para conseguir trabalhos pouco remunerados e o seu acesso ao ensino foi limitado. Em momentos em que a economia começa lentamente a estabilizar-se, deve dar-se uma importância fundamental às necessidades dos jovens.

Trata-se de um imperativo moral e uma necessidade de desenvolvimento. É também uma oportunidade: a energia dos jovens pode estimular economias deficientes. Sinto-me continuamente inspirado pela boa vontade, o talento e o idealismo dos jovens que tenho a oportunidade de conhecer em diversas partes do mundo. Os jovens estão fazendo contribuições importantes em nosso luta para erradicar a pobreza, conter a propagação de doenças, lutar contra a mudança climática e atingir os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. Peço aos Estados Membros que aumentem os investimentos nos jovens para que estes possam fazer uma contribuição ainda maior.

Durante o Ano Internacional, as Nações Unidas e as suas organizações juvenis associadas se concentrarão na necessidade de fomentar o diálogo e o entendimento entre as distintas gerações, culturas e religiões. Num mundo em que os diferentes povos e tradições estão estabelecendo relações mais estreitas e frequentes como nunca antes na história, é crucial que os jovens aprendam a escutar atentamente, a solidarizar-se com os demais, a reconhecer opiniões divergentes e a resolver conflitos. Poucas tarefas são mais importantes que a de fomentar essas aptidões e educar os jovens nos direitos humanos, pois eles não somente são a geração de líderes do futuro, mas também partes interessadas fundamentalmente no presente. Reconheçamos que as gerações mais velhas podem aprender muito das experiências e exemplos de jovens que chegam à idade adulta num mundo de acelerada interconectividade.

No começo deste Ano Internacional, reconheçamos e celebremos tudo o que os jovens podem fazer para construir um mundo mais seguro e mais justo e redobremos os nossos esforços para incluir os jovens nas políticas, nos programas e nos processos deliberativos que beneficiam o futuro deles e o nosso.


Ban Ki-Moon, Secretário Geral das Nações Unidas.


Ano Internacional da Juventude 2010 – 2011: “Diálogo e entendimento mútuo”


A Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou em dezembro de 2009 a resolução 64/134, na qual aprovou o Ano Internacional da Juventude, que vai de 12 de agosto de 2010 a 11 de agosto de 2011, demostrando com isso a importância que outorga a comunidade internacional ao integrar questões relacionadas com a juventude aos programas de desenvolvimento mundiais, regionais e nacionais. Com o tema “Diálogo e entendimento mútuo”, o Ano tem como objetivo promover os ideais de paz, respeito dos direitos humanos e solidariedade entre as gerações, as culturas, as religiões e as civilizações.

O mundo enfrenta hoje múltiplas crises, frequentemente interligadas, como a financeira, a da segurança e a ambiental, além de outros problemas socioeconômicos que dificultam a conquista dos Objetivos de Desenvolvimento conveniados internacionalmente. Investir nos jovens e associar-se com eles é fundamental para enfrentar estes problemas de uma maneira sustentável.

Carta do III EJNP

Nós, jovens nordestinos que constroem a paz na luta pelo reconhecimento e efetivação dos nossos direitos e na promoção da justiça socioambiental, conclamamos todas as juventudes a continuar lutando pela cidadania plena!
Concluiu, dias atrás, o III Encontro de Jovens Nordestinos pela Paz, realizado em Timon – MA, de 23 a 25 de julho. Como resultado do mesmo, os quase 300 jovens participantes aprovaram uma Carta – Compromisso que propõe ações em nível nacional, regional e global para acompanhar a agenda das lutas pelos direitos e pela efetivação de políticas públicas de juventude. Destacamos aqui alguns trechos do texto final, que refletem a essência do que foi debatido, refletido e assumido:
Nós, jovens nordestinos que constroem a paz na luta pelo reconhecimento e efetivação dos nossos direitos e na promoção da justiça socioambiental, reunidos por ocasião do III Encontro de Jovens Nordestinos Pela Paz;
* Congratulando-nos pela recente conquista da aprovação da PEC 42-2008 que confere um rosto mais jovem à nossa Constituição Cidadã; * Conclamando todas as juventudes a continuar lutando pela cidadania plena; * Valorizando as diversas formas de participação da juventude; * Reconhecendo a riqueza da pluralidade juvenil; * Entendendo o jovem como sujeito de direito pleno; * Compreendendo o jovem como protagonista do processo de aprendizagem e a relação família – escola – comunidade como espaço contínuo e ampliado da educação; * Reconhecendo o direito ao trabalho decente como meio de acesso a vida com qualidade; * Partindo de uma compreensão positiva da segurança pública como direito do cidadão e dever do Estado; * Reconhecendo a validade dos meios de comunicação massiva como instrumentos efetivos de participação juvenil; * Reconhecendo o valor das famílias como espaço privilegiado de socialização, proteção e educação no processo de desenvolvimento humano integral dos jovens... * Propomos: a ocupação dos espaços de participação política existentes (redes, fóruns, conselhos de direitos, etc.); a valorização das expressões e identidades juvenis; a promoção e o fortalecimento da educação para os direitos.
Tudo isso se traduz, concretamente, numa série de lutas locais a serem abraçadas conforme as condições e as necessidades mais urgentes de cada grupo ou movimento presentes no encontro, nestas ações comuns que tem como objetivo fortalecer o trabalho em rede e os movimentos regionais e nacionais de juventude: acompanhar o processo de aprovação do Plano Nacional da Juventude e o Estatuto da Juventude; apoiar e engajar-se na Campanha Nacional contra o Extermínio da Juventude; acompanhar o processo de votação da PEC da Redução da Maioridade Penal.
A luta “pelo direito de ser jovem” continua! CEJUPAZ, agosto de 2010

senado vota PEC da Juventude

Atenção Juventude Hoje (07 de julho) os senadores deverão votar a PEC da Juventude. Para garantir que isso aconteça e que a proposta seja aprovada, é necessário a participação de todos os jovens. As lideranças do governo e da oposição no Senado se comprometeram a votar a Proposta de Emenda Constitucional (PEC 042/2008) nesta terça ou quarta-feira (6 ou 7 de julho). A Proposta, conhecida como PEC da Juventude, insere o termo jovem no capítulo dos Direitos e Garantias Fundamentais da Constituição Federal, garantindo-lhes o acesso a direitos que já são constitucionalmente assegurados às crianças, adolescentes e idosos. A Proposta, que tramita no Congresso Nacional desde 2003, foi aprovada com unanimidade na Câmara dos Deputados. Segundo o presidente do Conselho Nacional de Juventude (Conjuve), Danilo Moreira, sua aprovação pelo Senado é determinante para consolidar as políticas públicas de juventude na agenda nacional, assegurando a melhoria da qualidade de vida de 50 milhões de brasileiros e brasileiras com idade entre 15 e 29 anos "A PEC dá segurança jurídica ao tema, permitindo o avanço das políticas juvenis, além de indicar a necessidade de um Plano Nacional de Juventude, estabelecendo metas a serem cumpridas pela União, em parceria com estados e municípios e organizações juvenis nos próximos dez anos". O plano deve conter ações nas áreas de cultura, saúde, esporte, cidadania, trabalho, inclusão digital e educação, deflagrando, segundo o presidente do Conjuve, um processo contínuo e articulado de investimentos em juventude. Danilo Moreira explica que seria muito importante a aprovação da PEC também pelo caráter simbólico, já que 2010 foi apontado pela Organização das Nações Unidas (ONU) como o Ano Internacional da Juventude. Na sua opinião, o reconhecimento deste segmento na Constituição Federal seria um sinal para o mundo que o Brasil realmente aposta no presente e investe no futuro. COMO PARTICIPAR? Clique no link, saiba mais, e veja como é rápido e fácil: Envie um email para os senadores, envie mensagens no Twitter, Orkut, Facebook, etc, manifestando seu apoio, sua defesa aos direitos da vida da juventude.

Eleição Conselho Tutelar de Timon

Eleição para novos Conselheiros Tutelar de Timon
Caros cidadãos(âs) timonenses nos dirigimos a vocês para informar e ou lembrar que estamos vivendo um momento importantíssimo e decisório no tocante à "Promoção e Defesa” dos direitos das Crianças e dos adolescentes. Estamos em fase de cadastramento para os eleitores 1 - prazo para credencimanto até o dia 12 de julho, após esta data não mais poderá de credenciar e consequentemente não poderá votar 3 - Eleição dia 25 de julho na escola Higino Cunha Atenção para a escolha de pessoas sérias e comprometidas com a causa da criança e do adolescente, por isso o CEJUPAZ indica e apoia a cidadã (Raimunda Nonata Pereira da Silva), componente das equipes de volunatiado e de assessoria do Centro da Juventude para a Paz. O que é o Conselho Tutelar?
O Conselho Tutelar é um órgão permanente e autônomo. Não jurisdicional. É encarregado pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente. Ou seja, o Conselho Tutelar é um órgão de garantia de direitos da criança e do adolescente.
Quem são os Conselheiros Tutelares? São pessoas que têm o papel de porta-voz da comunidade, atuando junto a órgãos e entidades para assegurar os direitos das crianças e adolescentes. São eleitos 5 membros através do voto direto da comunidade, para mandato de 3 anos consecutivos, podendo se reeleger por mais um mandato.

MOVIMENTO PELA IMEDIATA EXECUÇÃO DE OBRAS DE

video Desde 2007 o Cejupaz e algumas entidades representando os interesses dos moradores dos bairros Parque Alvorada e Sete Estrelas deram início uma denúncia ambiental junto ao Ministério Público e às Secretarias Municipal de Infra Estrutura e de Meio ambiente pela imediata execução de obras de saneamento básico no Barreirão localizado na rua 21 do bairro Parque Alvorada. O movimento teve inicio no dia 1 de junho de 2007, de lá até então, muitos problemas já forão apontados como: o sofrimento dos moradores, sobretudo, os que vivem ao entorno do Barreirão, a destruição do meio ambiente, a demora do Poder Público em resolver o problema e etc. Dentre as muitas reuniões e audiências realizadas com o fim de pressionar o Poder Público a cumprir com sua responsabilidade a última aconteceu na sede da Associação de Moradores do bairro Sete Estrelas no dia 22 de abril de 2010. Na ocasião a comunidade faz questionamentos em tom de indignação sobre o problema: por que só agora próximo as eleições é que a obra está indo para frente? O processo de jogar entulho no local piorando ainda mais a situação foi de iniciativa da própria prefeitura; por que nos últimos anos, no que diz respeito as obras de urbanização, a Cidade Nova foi mais privilegiado do que o Sete Estrelas? Qual o papel da Secretaria de Infra Estrutura no que concerne a fiscalização das obras de saneamento que estão sendo feitos em Timon? Por que algumas vezes o Poder Público se recusou a atender ao pedido de alguns cidadãos que foram cobrar da prefeitura melhoria para o bairro, incluindo também o Barreriãos? O Secreário Municipal de Infra Estrutura, Antonio Delfino, tentou responder as perguntas fazendo lembrança ao início da campanha de urbanização do Barreirão, que já faz mais de três anos, dizendo que o dinheiro para execução da arquitetura é coisa garantida e o edital já foi publicado para escolha da empresa a assumir o projeto. Por fim declara Delfino que o Barreirão não é mais problema, pois se trata de um problema resolvido. Segundo o Senhor Sidney, coordenador e Srª Vivia, arquiteta, ambos do PAC de Timon o projeto já etá resolvido, pelo menos, elabora e aprovação do plano de ação a ser efetuado. E no plano médio de 20 dias a obras terá início. A realidade é que hoje 26 de junho de 2010 a obra ainda não teve início e mais um prazo não foi cumprido. E a população sofre mais e mais com os mesmos problemas.

III Encontro de Jovens Nordestinos pela Paz

O Centro da Juventude Pela Paz realizará de 23 a 25 de julho de 2010 o III ENCONTRO DE JOVENS NORDESTINOS PELA PAZ Tema: Juventude & Políticas Públicas Lema: Pelo Direito de ser Jovem ! Local: Parque Alvorada - Timon / MA Objetivo geral: Promover o protagonismo juvenil através do processo de discussão e empoderamento dos espaços e mecanismos de defesa dos direitos e na construção das políticas públicas de juventude. OFICINAS: J U V E N T U D E e ... Identidades / Família / Direitos Educação / Segurança / Trabalho Participação / Mídia Objetivos específicos  Aprofundar a reflexão sobre as identidades, os direitos e o protagonismo dos jovens.  Promover o conhecimento crítico e o debate acerca dos programas e projetos governamentais relativos às juventudes.  Facilitar a compreensão dos mecanismos de elaboração de políticas públicas de juventude.  Incentivar a participação e a inserção dos jovens nos espaços de controle social e de elaboração de políticas públicas de juventude.  Possibilitar a troca de experiências a respeito de projetos de intervenção na perspectiva da promoção da cultura de paz, de defesa dos direitos e de educação socioambiental.  Oferecer momentos de mística que fortaleçam o compromisso dos jovens com a defesa e promoção dos direitos. NÃO PERCA TEMPO Preencha E envie sua ficha de inscrição somente até o dia 30 de junho.

Fórum Permanente da Juventude de Timon

Fórum Permanente de Defesa dos Direitos da Juventude Timonense CONVITE O Fórum permanente de defesa dos direitos da Juventude Timonense (FPDJT) realizará sua V edição no dia 29 de maio de 2010, na Sede do Centro da Juventude para a Paz, de08:00h às 11:00h Por que um Fórum? O Fórum PDJT pretende ser um ponto de referência para todos os jovens no que diz respeito a promoção e defesa dos Direitos Humanos, um espaço democrático de expressão das potencialidades e de favorecimento da contrução da Cultura de Paz, além da educação socio ambiental. o que é o Fórum? Este Fórum é o entendido como uma articulação municipal de entidades não governamentais de luta pelos direitos das juventudes, acima de distinções religiosas, raciais, ideológicas ou partidárias, aberta à cooperação com entidades governamentais ou não, tanto nos níveis local como no macro, nacionais e internacionais, para a consecução de seus objetivos. Objtivo: favorecer um espaço suprapartidário, interreligioso, aberto e democrático para reflexão e debate sobre temas relacionados às juventudes e ser, ao mesmo tempo, um espaço para elaborar e propor políticas públicas para este segmento da sociedade timonense. Assunto: papel do Fórum PDJT, Participação juvenil nos espaços democráticos de direitos, definição de Prioridades do Fórum PDJT para 2010. Local: Centro da Juventude para a Paz Data: 29 de maio de 2010 Horário: 08:00.

CEJUPAZ realiza II Curso de Vídeo

O Centro da Juventude para a Paz, buscando dar uma resposta mais eficaz aos desafios e potencialidades que apresenta a sociedade, sobretudo, a população juvenil, está realizando o II curso de produção de vídeos para jovens comunicadores sociais. O curso tem como objetivo aprimorar os conhecimentos e as técnicas dos jovens que participaram do primeiro curso; - produção de pequenos e médios vídeos, - editar e publicar em blogger, site, orkut, youtube, - promoção e difusão da Cultura de Paz e dos Direitos das Juventudes através das mídias. O curso acontecerá no Centro da Juventude para a Paz e será assessorado por Roberto dos Anjos Oliveira, professor e técnico do Projeto Educativo Mãos Dadas. Data: 10, 12 e 14 de maio de 2010 horário: de 17:30 às 21:30 Realização Centro da Juventude para a Paz

JUPAZ de São Luís na 20º ROMARIA DO TRABALHADOR

O CIRCULO VITAL A Integração entre Deus, o planeta e os seres humanos é uma trindade existencial, em que todos estão interligados. E nesta relação existe interferência de ambos lados, fazendo com que esse seja o circulo vital da existência. Com este contexto fala-se em Ecologia, meio ambiente, água e outros. Sendo uma preocupação de todos, pois esta em risco a sobrevivência, o bem-estar e as realizações humanas. Tudo isso faz pensar se a natureza é a matéria prima para construímos nossas casas ou se ela é a nossa própria casa. Até que ponto pode-se interferir na natureza para se adquirir bens? Neste sistema de competição como garantir a sobrevivência dos animais, das plantas da água e dos próprios seres humanos. Nesta situação os seguidores de Jesus Cristo refletem as implicações de exercerem a missão no planeta. Todos nós, independentes de classes sociais, somos responsáveis por alguma agressão a natureza, seja por desperdiço de água, ou jogar papel nas ruas, ou seja, das coisas mais banais as coisas mais complicadas como os desmatamentos florestais e as industrializações. Entretanto o nível de responsabilidade deve ser ponderado de acordo com cada implicação. Ressalta-se, por exemplo, que os dez pais desenvolvidos já consumiram mais de 80% (oitenta por centro) da natureza e que 70% (setenta por centro) da água vai para as chamadas monoculturas. Muitos estados nacionais em nome do crescimento econômico tornaram-se intermediários de grandes grupos econômicos que destroem sem piedade as riquezas naturais, sejam minerais, vegetais e animais. Atingem também os seres humanos que estão a cada dia mais desintegrados com o circulo vital. Nas grandes e pequenas conferencias sobre desenvolvimento, meio ambientes; percebe-se que o discurso, as propostas sobres as questões ambientais são engolidas ou ignoradas pela corrida do desenvolvimento, que está em eminência que chegar a plenitude do desenvolvimento, nem que para isso utilize todos seus recursos naturais. Com essa situação é fundamental, compreender que temos que ultrapassar o pensamento grego que ver o ser humano como centro e incorporar uma postura que valorize a preservação de todos seres vivos numa visão circular em que todos precisam se integrar para que a vida chegue a sua plenitude. Estamos certos que ficamos apenas na observação fenomenológica do que ocorre no circulo vital e fixamos apenas ações políticas correspondentes, e isso nos questiona se estaríamos então desintegrados ou desintegrando este circulo vital. A nossa resposta por mais eficaz que venha ser para amenizar as agressões ao circulo vital, se não for alicerçada em um circulo teológico, espiritual e místico adequados e, numa ética concisa, dificilmente poderemos incorporar novas atitudes e relações para com o circulo da vida. Deve-se assumir uma consciência de servo, lutador que mesmo diante do sistema de desintegração, pode circular a idéia de transformação, mudança e integração.Afinal não se pode falar em sustentabilidade, reciclagem, sobriedade e sensibilidade ecológica, se não houver um compromisso com o resgate da vida e vida em abundancia. (redação) DENUNCIA O povoamento na área Itaqui-Bacanga começou na década de sessenta, a partir do deslocamento de várias famílias vítimas de um incêndio no bairro Goiabal, localizado atrás do Cemitério do Gavião. Encravada em uma área de 8.210 hectares, a região, hoje, é formada por 57 bairros, sendo que a maioria foi ocupada de forma desordenada e carente de infraestrutura básica. : Muitas famílias sofrem por não possui água encanada .inúmeras denúncias já foram feitas a Companhia de Água e Esgoto do maranhão – CAEMA. Devido ao aumento da população de maneira de maneira desordenada. As instalações não estão apropriadas e a água não é suficiente para abastecer toda população. È isso que a CAEMA afirma nas diversas reuniões feita com a população. Ainda afirma que muitos não pagam as contas de água. Entretanto essa informação é facilmente protestada pelos moradores, pois com pagar por um bem que não usufruem AGUA FONTE DE VIDA Com esse tema a 20º ROMARIA DO TRABALHADOR sai as ruas para protestar e afirma que a água não privilegio de alguns e sim direitos de todos. Todos os anos a Area Itaui Bacanga em São Luis do Maranhão se reuni para protestar em torno de um problema que precisamos resolver. Sendo uma das areaq mais importante da Capital pela presença de empresas. Como a Vale, Porto do Ita qui e outros, não deveria ter tanto descaso político. Assim o “Dia do Trabalho” é um momento de luta de chamar a atenção das autoridades para o descaso conosco. Durante esses 20 anos de lutas conseguimos construir uma identidade de busca por direitos. Mesmo sem tanta força política como deveríamos ter. A Romaria questiona, esse ano, a CAEMA por a ma distribuição de água e convida a população a fazer o bom uso da água. A coordenação elaborar um documento formal com respaldo jurídico, que será entregue ao ministério Publico, na semana seguinte. Na certeza de que a Romaria continua sendo um frente de Resistência, o JUPAZ de são Luis marcou presença, animando e protestando contra o descaso com a água. Embora com coisa simples como desenhando gotinhas de água nos rostos das pessoas e venda de cremozinhos com a intenção de adquirir fundo, além da distribuição de frases educativas sobre a preservação da água. O importante é a consciência dos jovens de que a agua bem utilizada não faltará. E que a água é o elemento fundamental no circulo da vida.